aprender frances

Aprendendo Francês com Avec Elisa: Mali e suas curiosidades

Mali

Você provavelmente já deve ter visto algo sobre o Mali. Ou melhor, sobre a República do Mali.

 

Com certeza já deve ter visto algum texto comentando sobre o passado glorioso do país ou então escutado algum cantor que nasceu no Mali.

 

De qualquer forma, você deve estar se perguntando: por que a Elisa vai falar sobre o Mali aqui no blog?

Ex-Colônia Francesa

Assim como muitos outros países colonizados, a República do Mali é uma ex-colônia francesa. Em sua época de colônia, o país africano ficou sob o controle francês no fim do século XIX.

 

Em 1905, toda a sua área estava sob controle da França, fazendo, então, parte do Sudão Francês. Por ter sido uma ex-colônia francesa, a língua oficial do país é o francês.

Recursos naturais e Localização

O país se encontra no continente africano e não tem saída para o mar, além disso, limita-se com a Mauritânia e Senegal (a oeste), Argélia (ao norte e a leste), Níger (a leste), Burkina Faso (a sudeste), Costa do Marfim (ao sul) e Guiné (a sudoeste).

 

Outro detalhe interessante é que o país  tem boa parte do seu território norte coberto pelo deserto do Saara – região habitada por tribos nômades tuaregues. 

 

Muitos não sabem, mas o Mali é o sétimo maior país da África com uma população de praticamente 19 milhões de habitantes. A capital do país é Bamaco. 

 

Alguns dos recursos naturais no Mali – que fazem o país ser muito conhecido – são o ouro, o urânio e o sal.

mali
cr: Wikipedia

Tropas francesas no país

No ano de 2013, a França enviou tropas de soldados ao Mali para combater radicais islâmicos – na época, esses radicias islâmicos haviam capturado diversos territórios ao norte do país.

 

Muitos de vocês já devem ter escutado falar da Al-Qaeda. Esses extremistas estavam ligados a essa organização e um dos locais que foram capturados foi a antiga cidade de Timbuktu.

 

Ela é localizada no deserto e fica a mil quilômetros ao norte da capital do Mali, Bamako.

É válido lembrar que essa antiga cidade é um centro histórico do estudo do islamismo.

 

Mundialmente conhecidos pela música

 

A verdade é que muitos de vocês provavelmente escutam músicas do Mali e não sabem. 

 

Isso porque o país é internacionalmente reconhecido e conhecido por ter produzido algumas das principais estrelas da música africana. 

 

O fato é que conforme os anos passaram, a cultura maliana gerou o seu próprio estilo de música ao usar muitos instrumentos de corda e é considerada como a cara da música africana. 

Ali Farka Touré performando a música Savane no Bozar

 

Cantores como Salif Keita, Ali Farka Toure e Toumani Diabate são apenas alguns que podemos citar. 

 

Além disso, muitas pessoas comparam a música maliana com o blues americano. Alguns cantores cantam em francês, como é o exemplo da cantora e rapper Aya Nakamura.

Festival in the Desert

 

Por ser um país mundialmente conhecido conhecido pela música, obviamente não poderia faltar um festival.

 

O “Festival in the Desert” é um evento que reúne bandas de diversas partes do mundo. Atualmente, ele está suspenso há 3 anos por conta da situação de violência no norte do país.

 

A República do Mali é um país simples. 

 

De economia básica e casas de barro, as aldeias sobrevivem justamente por conta do barro que é uma enorme fonte para a construção civil. 

 

Conhecido por sua música, muitas pessoas acabam lembrando da existência desse país apenas quando escutavam falar sobre a situação de guerra e violência que vem acercando o país. 

 

A verdade é que o país merecia ser mais reconhecido e conhecido. Pela sua arte, pelo seu cinema e música, pela grande cultura dos povos tradicionais; não pela guerra. 

 

É um país que apesar de estar entre os dez piores no ranking de Índice de Desenvolvimento Humano, teria muito a mostrar para o mundo se as coisas fossem diferentes.

 

Espero conseguir trazer mais sobre países no continente africano que são ex-colônias francesas.

 

Também estou preparando mais conteúdo francófono para você, afinal, conhecer novas culturas – independente da situação do país – sempre é algo incrível. Nos faz criar mais empatia e compreender o outro. 

 

Gostou do conteúdo?

 

Se você gostou, me siga no Instagram e Youtube para ficar por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa! 

 

Outra dica muito interessante é descobrir um pouco mais sobre Quebéc e suas curiosidades!

 

À bientôt,

Elisa.

Elisa Fingermann

Elisa Fingermann

Professora

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Todos os direitos reservados em 2019 para Avec Elisa.

CNPJ: 35.011.297/0001-75 | AVEC ELISA CURSO DE IDIOMAS | R: MEDEIROS DE ALBUQUERQUE, 55
Email: [email protected]

Domine os
sons do francês!

Preencha os campos abaixo para receber uma aula exclusiva!

Não enviaremos SPAM :)