fbpx
aprender frances

As ruas francesas e a origem dos seus nomes

Paris possui quase 7.000 vias públicas e privadas. Desde a origem da cidade e até o século XVII, os nomes das ruas de Paris foram dados a partir de circunstâncias, características e peculiaridades de cada uma delas ou de seu entorno. Por exemplo: o destino (outra cidade fora de Paris) para o qual a rua em questão levava: rue Saint-Denis; o estado físico da rua (pavimentada, esburacada, com árvores etc): rue Percée; as igrejas, escolas ou estabelecimentos públicos que existiam na rua: rue du Temple; as mansões dos nobres: rue Geoffroy-l’Angevin; grupos étnicos, religiosos ou profissionais que habitavam ou trabalhavam na rua: rue des Juifs.

 

Tudo isso geravam confusões e nomes repetidos à medida que a cidade crescia e se transformava. As coisas mudaram a partir do reinado de Henri IV (1589 a 1610) quando as ruas parisienses começaram a ser nomeadas de forma oficial e sem nenhuma relação direta com as suas características. Em 1605, somente os nomes dos membros da realeza foram dados às ruas parisienses.

 

Desde então, e principalmente durante a Revolução Francesa e até os dias de hoje, muitas ruas de Paris foram renomeadas, algumas voltando ao nome original. As famosas placas azuis com o nome das ruas, que hoje em dia são marcas de Paris, foram implementadas em 1844 por Claude-Philibert Barthelot de Rambuteau. De acordo com uma pesquisa feita pela France TV Info, somente 247 ruas de Paris (cerca de 4% do total) receberam o nome de uma mulher ilustre, mas 3.156 ruas parisienses que foram nomeadas em homenagem a um homem (cerca de 51% do total).

Algumas ruas e a origem dos seus nomes:


Rue de Sévigné (Marais): a Marquesa de Sévigné morou nessa rua de 1677 a 1696 no Hôtel de Carnavalet, onde hoje funciona o Museu Carnavalet, dedicado à história da cidade de Paris. Anteriormente a rua se chamava rue de la Culture Sainte-Catherine.


Rue Vieille du Temple (Marais): rua que levava à Commanderie du Temple, uma das ordens francesas dos cavaleiros cruzados. Tem esse nome desde o século XIII.


Rue des Écoles (Quartier Latin): rua que atravessa a região onde ficam grandes escolas francesas como a Sorbonne e o Collège de France.


Rue de l’Abbaye (Saint Germain): rua construída no terreno da abadia de Saint Germain des Prés, fundada em 543.


Rue Vide-Gousset (2º arrondissement): o nome da rua – esvazia bolso, em português – provavelmente se deve aos inúmeros roubos que nela aconteciam.


Rue de Mauvais Garçons (Marais): rua dos meninos maus, devido às gangues que frequentavam a rua.


Escreva em francês aqui nos comentários quais dessas ruas já conheceu na França ou tem curiosidade em conhecer!


Bisous!


Elisa

Elisa Fingermann

Elisa Fingermann

Professora

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Todos os direitos reservados em 2019 para Avec Elisa.

CNPJ: 35.011.297/0001-75 | AVEC ELISA CURSO DE IDIOMAS | R: MEDEIROS DE ALBUQUERQUE, 55
Email: elisa@avecelisa.com.br

Domine os
sons do francês!

Preencha os campos abaixo para receber uma aula exclusiva!

Não enviaremos SPAM :)