Assuntos do momento

Clássicos da literatura francesa: quais você conhece?

Clássicos da literatura francesa: quais você conhece?
Classiques de la littérature française
Classiques de la littérature française

Todos devem conhecer pelo menos um dos clássicos da literatura francesa. Isto porque a França é considerada um dos países mais cultos do mundo e é um fato que ela possui grande relevância e influência literária. Em toda parte, é possível ver alguém com um livro na mão, passeando em bibliotecas ou livrarias.

Falar sobre livros, escritores e dar indicações de leitura são assuntos comuns em todas as conversas, principalmente sobre os clássicos que marcaram época. Essa variedade vai desde os contos, romances, críticas e poemas até chegar nas ficções.

clássicos da literatura francesa

E você gosta de ler e conhece algumas obras francesas? Então, provavelmente vai me ajudar a relacionar cada livro abaixo com seus devidos escritores. Coloque as respostas nos comentários e depois escute o áudio para saber quantas acertou. Ah, e treine comigo a pronúncia de cada nome!

1 – Les Fleurs du Mal

É uma das obras mais importantes da poesia moderna ocidental com uma série de motivos de escrita do poeta: a queda, a expulsão do paraíso, o amor, o erotismo, a decadência, a morte, o tempo, o exílio e o tédio. Incorporou a matéria da realidade grotesca à linguagem sublimada do Romantismo. Suas poesias retratam a inquietude, o mal e as paixões da alma humana.

2 – Une saison en enfer

Essa obra se confunde com a marca de rebelde que o escritor soube encarnar. A sua precocidade é um caso único na poesia, pois escreveu uma obra de tamanha profundidade antes de completar vinte anos. Por outro lado, não conseguiu dar continuidade à sua vocação pois, após o romance tumultuado com outro grande poeta, Verlaine, nunca mais se dedicou às letras, tornando-se negociante e traficante de armas no norte da África e Oriente Médio.

Clássicos da literatura francesa
Ler um bom clássico francês com um bom café: existe coisa melhor?

3 – À la recherche du temps perdu

É uma obra memorialista com sete volumes (sendo os três últimos publicados postumamente) totalizando mais de 3000 páginas que representavam os costumes da aristocracia francesa do século XIX. A obra completa foi escrita entre 1908 e 1922 e publicado, com muita dificuldade, entre os anos de 1912 e 1927. O autor passou os últimos três anos da sua vida confinado em seu quarto, dormindo durante o dia e trabalhando à noite para concluir seu romance. Ele morreu de pneumonia em 1922.

4 – Le Rouge et le Noir

É um romance histórico ambientado na época da Restauração, antes da Revolução de 1830, sobre a ambição de um jovem para vencer na vida, apesar do seu nascimento plebeu, por meio de talento, trabalho duro, engano e hipocrisia. Um homem infeliz em guerra com a sociedade. Seu trágico destino foi inspirado num evento real, ocorrido em Grenoble: condenado pelo assassinato de uma ex-amante foi executado na guilhotina em fevereiro de 1828.

Agora, vamos ao exercício!

(     ) Arthur Rimbaud

(     ) Charles Baudelaire

(     ) Stendhal

(     ) Marcel Proust

Quantos você acertou? Não se esqueça de me dizer nos comentários. E, não se esqueça de me seguir no  no Instagram e no Youtube!

Bisous!

Elisa

Participe do nosso grupo no Telegram!