Assuntos do momento

Morar no Canadá: o guia definitivo para te ajudar a realizar esse sonho!

Morar no Canadá: o guia definitivo para te ajudar a realizar esse sonho!

Morar no Canadá é um pensamento bastante recorrente na mente de muitos brasileiros — e se ainda não está na sua, prepare-se para estar!

 

O motivo para este pensamento ocorrer são muitos:

 

1) Taxa de alfabetização superior a 99%;

 

2) Excelente política de acolhimento de imigrantes;

 

3) Lar da University of Toronto — a décima oitava melhor universidade do mundo em 2020 segundo a Times Higher Education;

 

4) Um dos países com a melhor condição de vida;

Percebeu? O que não falta são motivos para querer morar no Canadá. E inclusive, o próprio Canadá deseja que você – ou a pessoa que planeja um dia morar por lá – vá até ele para morar permanentemente. 

 

Os planos do Canadá

 

Caso você não saiba Canadá está planejando receber 1.233.000 novos residentes permanentes nos próximos três anos.

 

O motivo? Esse é um esforço para ajudar na recuperação econômica geradas pelo COVID-19. 

 

Além disso, o governo quer equilibrar os impactos fiscais negativos causados pelo envelhecimento da população canadense junto à baixa taxa de natalidade.

 

Programa de Imigração

O Immigration Levels Plans 2021-2023 (programa de imigração), é focado no crescimento econômico.

 

Dessa forma, cerca de 60% das admissões dos novos residentes permanentes são da imigração econômica – o que inclui estudantes, trabalhadores e algumas aplicações focadas em negócios.

Ou seja o Canadá quer que você more nele. Mas você sabe como pode migrar para o Canadá e começar a sua vida?

Migrar para o Canadá

Como migrar para o Canadá

 

Primeiramente, você precisa fazer muita pesquisa e um bom planejamento.

 

Afinal, você irá começar uma nova vida em um país em que não é nativo.

 

Precisa se preparar para uma cultura diferente, hábitos diferentes e até mesmo idiomas diferentes. 

 

Outro ponto importante é juntar uma boa quantia em dinheiro.

 

O motivo é simples: você precisa ter em mente que ir para outro país não é fácil.

 

Portanto, na pior das hipóteses você terá algum dinheiro para sobreviver no país nos primeiros meses.

 

Além disso se você decide ir com a família, pode demorar um pouco até arrumar um emprego com um bom salário para sustentar todos.

 

E por último, mas não menos importante, você precisa comprovar a renda na hora de tirar o visto.

 

Por isso, antes de colocar em prática a ideia de morar no Canadá, pesquise bastante sobre o país!

 

E, principalmente, sobre as cidades em que deseja morar, sempre pesando os prós e contras. 

morar no canadá

Tipo de moradia: temporária

Se você deseja morar no Canadá apenas por um período de estudos — pois o seu objetivo é mais qualificação profissional e experiência de vida —, você precisa ter algumas coisas em mente:

 

1)Como tirar o visto de estudo ou trabalho

 

A primeira coisa é certamente o visto de estudo e/ou trabalho.

 

Se você quer fazer as duas coisas ao mesmo tempo pois sabemos que não é fácil se manter apenas como estudante em um país estrangeiro —, a melhor escolha é um curso profissionalizante.

 

Ele pode ser técnico ou universitário, pois assim você poderá ter a permissão para exercer alguma atividade remunerada

 

Lembrando que segundo o consulado canadense, o trabalho deve ter uma carga horária máxima de 20 horas semanais — o horário pode se estender durante as férias escolares.

2) Como estudar inglês e/ou francês no Canadá

 

Se você planeja ir para estudar essas duas línguas no próprio Canadá, não pode tirar visto de trabalho.

 

O que isso significa? Significa que você deve se dedicar apenas às atividades estudantis. Por isso aconselho a já ir sabendo um pouco de francês.

 

3) Ser aceito em uma instituição de ensino Canadense

 

Antes de tentar a permissão, esse é certamente o primeiro passo que você deve fazer: ser aceito em uma instituição de ensino canadense.

 

Então, lembre-se de fazer a sua pesquisa!

morar no canadá

Tipo de moradia: permanente

 

Esse provavelmente é o tipo mais desejado e talvez por isso mais complicado. Mas nada impossível.

 

Se você deseja morar permanentemente no Canadá, o primeiro passo é pesquisar os mais de 50 programas de imigração oferecidos pelo governo.

 

Assim que o fizer e encontrar o seu perfil, basta ter algumas coisas em mente.

 

1) Família

 

Você pretende morar sozinho ou levar a família junto? Se sim, ela está inclusa no projeto?

Como ela é? Sua família inteira? Um casal? Um casal com filhos? Todos os detalhes são importantes!

2)Planos

 

Vamos pensar que uma pessoa irá morar junto com a família — um casal e dois filhos, um adolescente e um maior de idade.

 

Todos pretendem estudar no país? Ou todos pretendem trabalhar? Pense bem em como será o seu plano! 

 

3) Cidades e províncias

 

Existe alguma que você deseja ir? Qual o perfil das pessoas na cidade que você planeja morar? Como são as oportunidades de emprego? Qual idioma é falado? 

 

 

Ao pensar em tudo isso — e, por favor, anote todas as perguntas e as respostas! —, escolher um programa de imigração se tornará mais fácil. Afinal, você já sabe o que quer.

 

Documentos necessários

 

Depois, você precisa verificar a documentação — tanto a sua quanto a de quem também irá morar junto com você — e todos os requisitos para tirar um visto permanente.

 

Lembre-se também que é necessário de uma tradução juramentada de todos os seus dados, assim como da família — documentos como certidões de casamento ou nascimento.

 

Além disso, todos os formulários requisitados devem ser devidamente preenchidos.

 

Eles devem ser impressos, assinados e digitalizados para, em seguida, serem enviados ao site do Consulado Canadense.

 

Logo, não deixe nada para última hora! E se planeje bem!

morar no Canadá

Maiores dúvidas

 
1) O que é um Entry-level job?

 

Um Entry Level é um emprego, mas não qualquer emprego. Quando falamos Entry Level significa que é um nível profissional iniciante.

 

Além disso, geralmente é relacionado a áreas como administração, marketing, contabilidade, entre outras.

 

Geralmente são os empregos mais procurados, pois não costumam exigir um alto nível de inglês/francês e grandes qualificações.

 

Muitos aproveitam para ter o primeiro emprego nessas áreas no Canadá.

 

E o lado positivo é que além de se inserir rapidamente no mercado de trabalho, aprimorar o idioma e não exigir um alto nível do mesmo, no Canadá esse tipo de emprego não é considerado subemprego.

 

Ou seja, em geral o salário é equivalente a pelo menos um salário mínimo.

 
2) Quanto é o salário mínimo no Canadá?

 

O salário mínimo no Canadá varia de província para província, pois é calculado levando em consideração o custo de vida de cada lugar. Por isso, pesquise bem em qual cidade deseja morar!

 
3) Quem pode tentar ir para o Canadá?

 

Qualquer pessoa. O que não significa que o processo é fácil, significa que é simples.

 

Não há necessidade de ter conhecimento técnico, contudo, ter um conhecimento sobre o edital, sobre o que a banca espera já é o suficiente.

 
4) Preciso ter um bacharel para migrar para o Canadá?

 

Não, inclusive, alguns cursos técnicos pontuam mais alto que um bacharel.

 
5) Qual é o melhor idioma para ter conhecimento e fazer a imigração? Inglês ou Francês?

 

90% dos casos, a língua francesa. Afinal, o francês teve a mesma origem que o português: o latim.

 

Dessa forma, a compreensão é mais fácil. E normalmente nos programas de migração, não são considerados a escrita, apenas a expressão e compreensão oral.

 

Além disso, o francês irá te dar a mesma pontuação no lado inglês do Canadá. Algo que não ocorre com a língua inglesa.

 
6) Por que escolher francês para ir morar ou estudar no Canadá é uma boa escolha?

 

Eu já respondi antes, mas vou te mostrar como é, de fato, melhor escolher o francês.

 

Não sei se você sabe, mas existe o Express Entry, um sistema usado pelo governo canadense para gerenciar os pedidos de permanência no país.

 

E talvez você também não saiba, mas uma das medidas desse plano que entrou em vigor ao fim de 2020 foi o aumento de pontos no Express Entry para quem fala francês.

 

Isso mesmo! Geralmente os candidatos do Express Entry com habilidade comprovada em francês e inglês recebem até 50 pontos adicionais

 

Mas agora, o governo canadense também está oferecendo 25 pontos adicionais a candidatos que comprovem habilidade em francês — e o melhor: mesmo que você não saiba nada de inglês.

morar no Canadá

Você deve estar pensando agora “Me Deus, Elisa, eu preciso saber mais sobre o Canadá e como fazer para morar ou estudar por lá!”

 

Para a sua sorte, eu vou te ajudar ainda mais  nisso. E vamos começar com o nosso lugar favorito em todo o Canadá: Quebec.

 

Québec oferece vagas para brasileiros 

A cidade de Québec está em busca de profissionais brasileiros nas seguintes áreas: TecnologiaGamesSaúde (cuidadores e enfermeiros diplomados no Brasil) – Manufatura/usinagem

 

Ao todo, são 217 vagas em 11 empresas. Para participar, é muito fácil: as inscrições estão abertas até o dia 17 de janeiro e você deve preencher o seu perfil  e currículo em francês.

 

Todo o processo de inscrição é totalmente gratuito para os candidatos.

 

Quem pode se inscrever?

 

As vagas são tanto para homens quanto para mulheres, afinal, o que será analisado será as suas competências.

 

Um detalhe muito importante: brasileiros no exterior também podem participar desse processo seletivo!

morar no Canadá

Como se inscrever?

 

O primeiro passo é acessar o site: www.quebecnacabeca.com

Depois você deve criar um perfil on-line com suas qualificações e se habilitar para sua vaga de interesse. Lembrando que não há limite de idade.

 

Mas, Elisa, o que é exigido para essas vagas? Os requisitos são simples:

 

1) Formação acadêmica;

 

2) Experiência na área de atuação;

 

3) Bom nível de francês.

 

Processo seletivo

 

Caso seu perfil tenha sido selecionado, você receberá por e-mail uma ou mais convocações para entrevistas entre os dias 26 a 28 de janeiro.

 

Você terá até o dia 03 de fevereiro para confirmar a entrevista.

 

Depois de confirmadas, as entrevistas acontecerão entre 8 a 19 de fevereiro, via skype, diretamente com os representantes das empresas. 

 

Se você for selecionado, a empresa irá guiar em todas as etapas para fazer um pedido de permissão de trabalho.

aprender francês online

As vagas são para home office ou presencial?

 

Em um primeiro momento pode ser home office, mas futuramente é preciso se preparar para se mudar para o Quebec.

 

É necessário ter fluência?

 

A verdade é que depende dos requisitos pedidos pela empresa, mas é primordial saber francês.

 

Não tem a minha área, e agora?

 

Essas são as áreas mais procuradas e que estarão disponíveis para o processo seletivo de agora.

 

Mas não se preocupe, terá um novo em abril e você poderá tentar — caso tenha a sua vaga!

 

Um detalhe importante é saber que existem algumas profissões que são regulamentadas — é necessário ter uma equivalência do diploma —, como professor, engenheiro, arquiteto, entre outros.

québec frontenac

Bem, agora que você já soube de detalhes muito importantes para você morar no Canadá — e preferencialmente em Quebec — vamos ao mais importante de tudo: aprender francês.

 

Você deve ter percebido que saber francês irá te dar uma enorme vantagem na frente das pessoas que também querem morar no Canadá, mas só falam inglês.

 

Mas como, de fato, aprender francês?

 

Aprender francês

 

Existem alguns pontos que você precisa pensar antes de embarcar na jornada do francês. Por isso, recomendo que leia o texto “Como aprender francês? – Pontos principais para começar o seu estudo”.

 

Contudo, você provavelmente notará uma necessidade maior do que apenas aprender francês: você vai precisar ativar o seu francês.

“Mas o que exatamente é ativar o francês, Elisa?”

Ativar o francês é algo que irá facilitar o seu aprendizado na língua francesa.

Mesmo que você nem tenha começado ainda! E sabe como? Não?! Bem, eu vou te explicar melhor.

aprender francês online

Ativar o francês

 

Pode parecer sutil a diferença, mas é ela quem vai, literalmente, mudar a sua maneira de falar e compreender francês.

 

Geralmente as pessoas que apenas aprendem francês acreditam que basta um professor contar ou explicar algo sobre a língua francesa e logo tudo ficará extremamente compreensível.

 

A pessoa sairá falando e entendendo o francês sem a menor dificuldade. E esse é um grande erro. Você sabe o porquê?

Porque isso não é o suficiente para estudar, assimilar um novo idioma. É preciso mais. E é exatamente neste ponto que entra a ativação do francês.

 

A pessoa que ativa o francês sabe que precisa fazer alguma coisa com a informação que foi dada.

 

“Mas como eu posso fazer isso, Elisa?”

 

A Grande Missão Francês Ativo

 

Participe gratuitamente do maior evento on-line da Língua Francesa e tenha acesso ao passo a passo de um método que vai te dar todos os atalhos para você falar, ler, escrever e entender o francês com naturalidade em apenas 6 meses. 

 

Para não perder essa chance e participar, basta clicar aqui!

 

Quer ir além no aprendizado?

 

Me siga no Instagram YouTube para ficar por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa!

 

À la prochaine,

 

Elisa.

Participe do nosso grupo no Telegram!