fbpx

Parfums français: do luxo ao glamour mundial

Os aromas nos remetem a lembranças e sentimentos. Um simples cheiro nos leva para outra cidade, outro tempo e nos faz viajar em vários tipos de emoções. A França possui as mais conceituadas referências de perfumaria do mundo e quando alguém se refere a perfumes imediatamente cita os franceses.

 

Foi nesse país no século XIV através do cultivo de flores que começou o grande desenvolvimento da perfumaria. Até hoje a França é considerada a capital da perfumaria sendo o centro europeu de pesquisa e comércio. Talvez você não conheça esta história…

 

A história da perfumaria começa nas antigas civilizações do Oriente Médio, especialmente o Egito, por volta de 2.000 a.C. Os primeiros usuários foram os faraós e os membros importantes da corte achavam que o toque de frescor aliviava o clima quente do Egito. 

 

Perfume do latim fumum é uma mistura de óleos, álcool e água com a intenção de proporcionar uma agradável e duradoura fragrância de aromas no corpo humano. A fragrância é uma mistura de matérias-primas que podem ser extraídas de fontes naturais ou sintéticas. Na França tudo começou com a produção de couro. Os curtumes movimentavam as cidade medievais como a de Grasse

 

Desde o século XVI o local era conhecido como centro de curtimento de couro. Galimard, um dos curtidores inventou luvas de couro perfumadas e presenteou Catherine de Médici, rainha francesa, que se apaixonou pelo presente e lançou moda do produto. Os pedidos e encomendas redobraram o que levou a produção de couro dar espaço a de perfume. Assim Grasse passou a ser o centro industrial de perfumes do mundo. A cidade produzia jasmins, lírios, bergamota e rosa centifólia, inspirações aos perfumes de marcas famosas como Chanel, Dior, Givenchy entre outras.

 

Grasse fica na região de Provence, Alpes e Côte D’Azur e virou lugar turístico cercada de campos de flores, alfazemas e mimosas. As casas de perfumes fundadas no século XVIII e XIX ainda funcionam, mas a fabricação da maioria dos perfumes são de flores importadas. A cidade tem o Museus de Molinard onde se aprende as antigas técnicas de produção; Fragonard onde existe uma visita guiada em laboratórios, mas o Musée International de la Parfumerie permite os visitantes fabricar o próprio perfume e descobrir todo o contexto da perfumaria francesa.

 

Aliás, uma vez quando eu era pequena ganhei da madrinha da minha mãe um jogo de fazer perfumes, adorei a brincadeira e é uma forma de que até as crianças estejam envolvidas!

 

E quais são os nomes de perfumes franceses que você conhece? Anote abaixo nos comentários e escute no áudio a pronúncia de alguns!

 

J’adore – Dior

Eau du Soir – Sisley

L’interdit – Givenchi

Allure – Chanel

Pure Poison – Dior

La petite robe noire – Guerlain

La nuit de l’homme – Yves Saint Laurent

L’amour – Fiorucci

Trésor – Lancôme

 

Bisous! 

 

Elisa

 

Gostou?
Divida isso com o mundo!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on google
Share on telegram

Todos os direitos reservados em 2019 para Avec Elisa.

CNPJ: 26.240.088/0001-02 | Rua Medeiros de Albuquerque, 55

Scroll Up

Domine os sons do francês!

Preencha os campos abaixo para receber uma aula exclusiva!