Serge Gainsbourg: o artista da música popular francesa

O seu verdadeiro nome era Lucien Ginzburg, mas foi com o nome artístico que conquistou o mundo. Francês, filho de músico, nascido em 1928 em Paris e falecendo em 1991, Serge era o homem de mil faces: foi uma figura importante na cultura francesa sendo músico, cantor, ator, diretor, pintor, poeta e compositor, mas sempre com trabalhos provocativos e escandalosos. Com um estilo musical único e individualista, trabalhou com diversos gêneros da música como o jazz, mambo, rock, reggae, disco, new wave, pop, funk e escrevendo canções para diversos intérpretes.

 

Fumante, alcoólatra, morreu de ataque cardíaco e desde então a sua música alcançou mais status na França sendo considerado um dos artistas mais importantes do país devido a sua contribuição para o enriquecimento da música francesa. A sua casa é um endereço bastante conhecido, coberta de grafitis e poemas. 

 

Serge Gainsbourg se tornou um ícone da sedução e da rebeldia nos anos 1960. Considerado um dos grandes gênios da chanson française, ele também foi protagonista de polêmicas que chocaram a França da época. Veja alguns dos fatos mais marcantes em sua história:

 

Amor

 

Gainsbourg conquistou mulheres durante toda a sua vida. Brigitte Bardot, Catherine Deneuve, Juliette Gréco e Jane Birkin estão na lista de celebridades que já se relacionaram com ele. Todos os seus casos foram repletos de altos e baixos, por conta do perfil explosivo do músico. Os fotógrafos acompanhavam de perto os seus romances.

Vício


Diversas vezes o cantor foi a entrevistas e programas de auditório completamente embriagado e também já foi detido com entorpecentes. 


Família de artistas


A atriz Charlotte Gainsbourg é filha do cantor com a também atriz e cantora Jane Birkin. Nem mesmo com a sua filha ele deixou de lado sua tendência pela polêmica. Junto com Charlotte, ele gravou a canção Lemon Incest. No clipe da música, os dois cantam enquanto estão deitados numa cama, insinuando uma relação.

 

Ponto Turístico


A casa onde Gainsbourg morou, localizada no bairro de Saint-Germain-des-Prés, na Rue Verneuil, até hoje é um ponto turístico para todos os fãs do cantor.  


Biografia 


Em 2011, a vida agitada do cantor virou tema de uma cinebiografia. O diretor Joann Sfar teve sua estreia no cinema com o filme Gainsbourg – o homem que amava as mulheres. A biografia não pretendia ser um retrato fiel, mas foi muito bem recebido e acabou sendo uma homenagem poética ao artista.


Discografia

• 1958: Du Chant à la Une!

• 1959: N°2

• 1961: L’Étonnant Serge Gainsbourg

• 1962: N°4

• 1963: Gainsbourg Confidentiel

• 1964: Gainsbourg Percussions

• 1967: Anna (trilha sonora)

• 1968: Bonnie & Clyde (com Brigitte Bardot)

• 1968: Initials B.B. (com Brigitte Bardot)

• 1968: Jane Birkin & Serge Gainsbourg

• 1971: Histoire de Melody Nelson

• 1973: Vu de l’Extérieur

• 1975: Rock Around the Bunker

• 1976: L’Homme à Tête de Chou

• 1979: Aux Armes et Cætera (Versão Reggae da Marseillaise)

• 1980: Enregistrement Public au Théâtre le Palace

• 1981: Mauvaises Nouvelles des Étoiles

• 1984: Love on the Beat

• 1985: Serge Gainsbourg Live (Casino de Paris)

• 1987: You’re Under Arrest

• 1988: Le Zénith de Gainsbourg

• 1989: De Gainsbourg à Gainsbarre (coletânea, Coffret 9 CDs)

• 2001: Gainsbourg Forever (caixa integral)

• 2001: Le Cinéma de Gainsbourg (caixa com 3 CDs)


E você já ouviu as músicas de Gainsbourg? Escreva aqui em francês nos comentários qual é a sua preferida!


Bisous!


Elisa

 

Gostou?
Divida isso com o mundo!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on google
Share on telegram

Todos os direitos reservados em 2019 para Avec Elisa.

CNPJ: 26.240.088/0001-02 | Rua Medeiros de Albuquerque, 55

Domine os sons do francês!

Preencha os campos abaixo para receber uma aula exclusiva!