aprender frances

Yves Saint Laurent: um dos maiores estilistas francês!

Yves Henri Donat Mathieu-Saint Laurent foi um dos mais renomados estilistas franceses e deixou um enorme legado que ocupa posição de destaque na história da moda. Com dois museus dedicados às suas criações – um em Paris e outro em Marrakech – e dois filmes sobre sua biografia, Saint Laurent, é uma figura admirada pelos franceses.

Yves Saint Laurent

 

Saint Laurent era filho do presidente de uma companhia de seguros e o seu gosto pela moda lhe foi despertado pela mãe. Aos 17 anos, deixou a casa dos pais para trabalhar com o estilista Christian Dior, de quem herdou o controle criativo da casa Dior. 

 

Após a morte de seu mentor em 1957, com apenas 21 anos de idade, assumiu o desafio de salvar o negócio da ruína financeira. 

 

Em 1962 saiu da Dior e em conjunto com Pierre Bergé fundou sua própria marca, Yves Saint Laurent

 

O casal se separaria afetivamente em 1976 mas continuariam parceiros de negócios por mais de trinta anos.

Cidade Natal

Yves Saint Laurent não nasceu na França. Apesar de ser mais conhecido pela sua vida em solo francês, o estilista nasceu em Orã, na Argélia, no dia 1º de agosto de 1936. 


Sua família é francesa, mas em 1870 se mudou para o país africano, que na época era uma colônia da França. Faleceu em 1º de junho de 2008 na capital francesa.

Guerra da Argélia

Não são todos que sabem, mas Yves lutou na guerra da Argélia. Em 1960, quando já era o estilista da Dior, Yves Saint Laurent foi convocado para servir na guerra de independência da Argélia. 


Nesta época viveu situações que lhe provocaram traumas dos quais nunca teria se recuperado.

Criações atemporais

Criou modelos icônicos. O legado Saint Laurent é marcado pela criação de modelos que entraram para a história, com a substituição da cintura marcada pelo vestido evasê e o tubinho Mondrian e sua criação mais célebre, o smoking feminino.


Além disso, existem duas curiosidades sobre Yves Saint Laurent que vão deixar você surpreso.


Quer saber quais são?

1) Ele não assistia a desfiles de outras marcas

A verdade é que até janeiro de 2001, um ano antes de sua aposentadoria, Saint Laurent nunca havia assistido a nenhum desfile que não fosse seu.


O hábito foi quebrado quando compareceu ao desfile de Hedi Slimane, que trabalhava para a Dior


Essa atitude causou desconforto, pois a Dior pertencia a um grupo concorrente ao que havia acabado de comprar a sua própria marca.


2) Existia uma forte relação do estilista com Marrocos

Naturalizado francês, Saint Laurent desenvolveu também uma forte relação com o Marrocos. Passou boa parte da vida entre Paris e Marrakech, que era um escape da vida atribulada que levava na capital europeia. 


Sobre o país, o estilista disse certa vez: “No Marrocos, descobri uma variedade de cores em mosaicos, pinturas e nas roupas locais. Devo a este país a ousadia do meu trabalho. Às suas audaciosas combinações”.

 

                             Quantas curiosidades! 

Caso Saint Laurent estivesse vivo e você pudesse escolher alguma roupa para o estilista criar, qual modelo seria? Escreva em francês aqui nos comentários!

 

 

                       Quer ir além no aprendizado?

Me siga no Instagram e YouTube para ficar por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa!

À la prochaine!

Elisa Fingermann

Elisa Fingermann

Professora

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Todos os direitos reservados em 2019 para Avec Elisa.

CNPJ: 35.011.297/0001-75 | AVEC ELISA CURSO DE IDIOMAS | R: MEDEIROS DE ALBUQUERQUE, 55
Email: [email protected]