aprender frances

Léopoldine Hugo – A filha amada de Victor Hugo

Léopoldine Hugo

A história de agora é de hoje é sobre Léopoldine Hugo. Após conhecermos um pouco mais sobre Juliette Drouet,  a amante, resolvi trazer um pouco mais sobre a vida da filha mais velha do romancista, poeta, dramaturgo, ensaísta, artista, estadista e ativista pelos direitos franceses, Victor Hugo.

 

Victor Hugo e Adèle Foucher

 

Victor Hugo se casou com  Adèle Foucher, sua amiga de infância, em 1882. É válido relembrar que esse casamento gerou o desgosto em seu irmão, Eugène, pois o mesmo era apaixonado por Adèle. A esposa era filha de Pierre Foucher, o secretário no Tribunal da Justiça de Paris – onde Adèle nasceu.

 

A amizade entre as famílias Hugo e Foucher começou quando Victor e Adèle ainda eram pequenos: as famílias eram vizinhas de moradia – ambas moravam em Paris – o que facilitou o convívio.

 

A traição

 

Adèle, por achar que seu marido não lhe dava atenção, envolveu-se amorosamente com o melhor amigo de Hugo, o crítico literário e escritor francês Charles-Augustin Sainte-Beuve. Esse relacionamento durou 7 anos, enquanto Victor Hugo manteve uma amante oficial durante 50 anos – além, é claro, de outras amantes não oficiais.

 

Os filhos

 

Juntos, Adèle e Victor tiveram 5 filhos: 

 

1) Léopold Victor Hugo – que morreu alguns meses após seu nascimento;

 

2) Léopoldine Hugo – a filha mais velha e favorita de Hugo;

 

3) Charles Hugo – o terceiro filho que mais tarde virou jornalista e romancista;

 

4) François-Victor Hugo – o quarto filho, famoso por traduzir obras de Shakespeare;

 

5) E Adèle Hugo – a caçula da família.

Léopoldine Hugo
Crédito: Wikipedia

Léopoldine Hugo

 

Léopoldine nasceu em Paris, sendo a segunda de cinco filhos e a filha mais velha de Victor Hugo e Adèle Foucher. O seu nome foi dado por seu avô paterno, Joseph Léopold Sigisbert Hugo – que na época, também nomeou o falecido irmão de Léopoldine.

 

Apesar de Hugo ser contra a educação católica romana, Léopoldine cresceu como uma católica devota. Sua primeira comunhão, que ocorreu em 1836, foi um grande evento! Tanto que o pintor Auguste Châtillon pintou um retrato de Léopoldine no dia. Além disso, a missa contou com a presença de Théophile Gautier – escritor, poeta, jornalista e crítico literário francês – , Alexandre Dumas – grande autor francês – e outros membros da família de Victor Hugo.

 

Como se todo esse evento fosse pouco, após a missa, um banquete foi realizado na residência de sua família em Paris. Era visível o amor que Victor Hugo sentia por sua filha.

 

Casamento e Morte

 

A verdade é que Léopoldine tinha muitos pretendentes para o casamento. Entre eles, o seu próprio futuro marido, Charles Vacquerie. Ambos se conheceram durante as férias de 1839. Ambos decidiram, por fim, se casar durante o mês de fevereiro do ano de 1843. Na época, Léopoldine era uma jovem de 19 anos, recém-casada e grávida.

 

Ela e seu marido, Charles, decidiram passar a lua de mel em um navio que, infelizmente, naufragou no Sena em setembro de 1843. A morte de Léopoldine se deu por conta de suas saias: o tecido ao ficar molhado pesou e a puxou para baixo, no mar. Seu marido, então, pulou para salvá-la. Contudo, vendo que ela já tinha se afogado, decidiu morrer junto a ela, mesmo sendo um exímio nadador.

 

Notícia da morte

 

Na época, Adèle foi a primeira a ser noticiada. Hugo estava fora, na Espanha, viajando com a amante Juliette. O acidente ocorreu em 4 de setembro. Em 9 de setembro, quando Hugo soube da morte de sua filha, ele declarou:

 

« On m’apporte de la bière et un journal, Le Siècle. J’ai lu. C’est ainsi que j’ai appris que la moitié de ma vie et de mon cœur était morte ».

A morte de Léopoldine afetou Victor Hugo pelo resto de sua vida. Além disso, levou Adèle a ser internada por conta do sofrimento que sentiu ao perder a filha. Por muitos anos, Victor Hugo parou de escrever poemas e livros.

 

Algum tempo mais tarde, ele escreve alguns poemas e cartas para a filha que morreu, além de um poema para o genro. Um dos poemas para a filha se chama “Demain, dès l’aube…” e é extremamente conhecido.

 

Léopoldine Hugo
cr: alchetron

A história de vida de Léopoldine, apesar de curta e triste ao fim, foi um marco na vida do seu pai. Victor Hugo era extremamente encantado pela primeira filha, assim como sua esposa. Apesar de não terem o casamento dos sonhos – traições e desencontros – ambos foram extremamente afetados pela morte da filha mais velha.

 

Gostou do texto? Então que tal descobrir algumas curiosidades interessantes sobre a vida de Victor Hugo?

Quer ir além no aprendizado?

 

Me siga no Instagram e YouTube para ficar por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa!

 

À la prochaine,

 

Elisa.

Elisa Fingermann

Elisa Fingermann

Professora

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Todos os direitos reservados em 2019 para Avec Elisa.

CNPJ: 35.011.297/0001-75 | AVEC ELISA CURSO DE IDIOMAS | R: MEDEIROS DE ALBUQUERQUE, 55
Email: [email protected]

Domine os
sons do francês!

Preencha os campos abaixo para receber uma aula exclusiva!

Não enviaremos SPAM :)